26 março 2010

Coleções

O que colecionar é uma pergunta muito frequente entre jovens colecionadores. Muitas pessoas fazem coleções sem nem perceber. Uma coleção de ursos de pelúcia pode ser um exemplo de coleção que o dono nem percebe.

Isso ocorre principalmente entre as meninas. Algumas são apaixonadas pelos ursinhos e ao longo da vida vão comprando e ganhando uma infinidade deles. Se torna uma coleção quando o número de peças se torna grande.

Esse é o meu caso meus amores eu coleciono bichinhos de pelúcia sou apixonada por eles!Então hoje eu resolvi dividir um pouco do meu amor pelos bichinhos de pelúcia com vocês. A seguir um breve resumo de como eles surgiram e umas fotos lindas que vão fazer qualquer um querer se tornar um colecionador também!

Bichos de pelúcia

Os primeiros bichos de pelúcia ou bichos de peluche (em Portugal) surgiram nos Estados Unidos da América em 1902, e foram criados pelo imigrante russo Morris Michtom.

Diz a lenda que o presidente dos Estados Unidos Theodore Roosevelt fez uma viagem e foi convidado para participar de uma caçada. Durante a mesma, um urso foi capturado e pediram para o presidente matar o animal e levá-lo como troféu. Roosevelt não quis matar o urso e a história da bondade do presidente se espalhou pelo país. Foi então que Morris Michtom, que era um vendedor de brinquedos, ficou sabendo da história e começou a fabricar ursinhos de pelúcia. Esse primeiro ursinho ficou muito famoso e se chamava Teddy Bear, que era o apelido da filha do presidente.

Algumas versões apontam que, antes de Morris Mitchom, a alemã Margaret Steiff já fazia animaizinhos de feltro.

Na década de 1950, os bichos não eram tão fofinhos, e eram feitos de algodão flanelado e com enchimento de serragem.

Em 1956, surgiram no Brasil os ursinhos de pelúcia feitos com legítima pele de carneiro.











Mil beijos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Página Anterior Próxima Página Home
Layout criado por