17 março 2010

o cachorro perfeito



Não existe uma fórmula mágica para descobrirmos qual o cão ideal para cada um de nós. Muitos aspectos contribuirão para definir o temperamento de um cão até ele chegar à fase adulta. Porém podemos tomar alguns cuidados na hora de escolhermos a raça do cão, para que esta história não comece já com os seus dias contados.

As pessoas escolhem seus cães pela sua beleza, e não pelo temperamento, ou pela sua adequação à vida, e aos desejos, do futuro proprietário. Não estou dizendo que devemos escolher um cão feio. Estou dizendo que quando resolvemos ter um cão, devemos tomar alguns cuidados, e o primeiro deles é saber escolher a raça.

O primeiro aspecto a ser avaliado é o tipo de ambiente que este cão terá:

* Se ele poderá entrar em casa, ou não;
* Se ele terá companhia o dia todo, ou precisará ficar sozinho durante muito tempo;
* Qual o espaço que este cão terá para brincar, dormir, fazer xixi e cocô;


Outro aspecto muito importante é que tipo de temperamento queremos deste cão:

* Se o que queremos um cão esportista ou um mais bonachão;
* Um cão independente, ou mais dependente;
* Um cão de guarda, ou só de companhia;
* Um cão que conviva bem com crianças, ou não;
* Se você quer um cão para exposições e outras provas, ou um cão de estimação sem maiores pretensões.

As Características Físicas desejadas também devem ser avaliadas:

* Qual o tamanho ideal? Mini (ou toy); pequeno; médio; grande; enorme;
* Que tipo de pêlo? Curto; comprido; macio; áspero, etc;
* Um cão mais esguio, ou um mais fofinho.

Depois de ter todos estes elementos em mão, está na hora de pesquisar sobre as diversas raças caninas que existem. Leia com atenção as matérias sobre cada raça; converse com veterinários e adestradores; não se esqueça dos criadores e dos proprietários. Cada um deles irá te dar uma visão diferente, mas que no geral poderão te dar uma boa base sobre cada raça.

Quando adquirimos um cão estamos iniciando um relacionamento que durará muitos anos. Algumas raças vivem de 8 a 10 anos, mas a grande maioria das raças vive bem mais que isso. Portanto, esta escolha deve ser feita com muito cuidado, e nunca no impulso. Muitas vezes temos o sonho de ter um cão de determinada raça, mas se esta raça não está de acordo com nosso estilo de vida, ou com a nossa disponibilidade, este sonho pode se tornar um verdadeiro pesadelo. Lembre-se: aquele cãozinho lindo que aparece na TV ou no cinema não nasceu assim (limpinho; educado;e penteado) Ele foi exaustivamente treinado! Tenha certeza disso.

Mil beijos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Página Anterior Próxima Página Home
Layout criado por