22 fevereiro 2012

Resenha do livro: A Certain Slant Of light


Meus amores, hoje eu trago pra vocês, mais uma resenha escrita pela minha amiga Angel! Espero que vocês gostem! (E sim, não se preocupem, que eu sempre vou avisar quem escreveu a resenha antes de postar. Assim vocês não correm o risco de ficarem confusos)


Olá queridos leitores, ainda estamos em clima de carnaval, mais mesmo no carnaval a nossa função como devoradores de livros não para nunca, hoje eu vou trazer pra vocês um livro maravilhoso e tenho certeza, que vai fascinar vocês... o livro de hoje, é da escritora Laura Whitcomb e se chama: “A Certain Slant Of light” e que em uma tradução em português ficaria “Alguma inclinação da luz.



Contra capa:
Na classe do professor de Inglês, que ela tem assombrado, Helen os sente: pela primeira vez em 130 anos, olhos humanos estão olhando para ela. Eles pertencem a um garoto, um garoto que não parecia notável até agora. E Helen está apavorada, mas intrigadamente atraída por ele. O fato de que ele está em um corpo e ela não apresenta a esse improvável casal o seu primeiro desafio. Mas como os amantes lutam para encontrar uma maneira de estarem juntos, eles começam a descobrir os segredos de suas vidas anteriores e dos jovens que venham a possuir.




Sinopse: Helen é um fantasma e segue um professor de inglês a anos, mais em uma de suas aulas ela repara que um garoto esta olhando pra ela, ela se assusta com esse garoto e começa a evitá-lo até que ela descobre que ele era um fantasma que entrou no corpo de Billy blake, ele se apresenta a ela como James e explica sua situação, ela resolve que quer ter um corpo também então eles se juntam e procuram um corpo para Helen, então eles conhecem Jenny uma garota muito religiosa e controlada por seus pais, Helen encontra nela uma chance de viver de novo e a pega sem pensar em mais nada. Helen no corpo de Jenny e James no corpo de Billy se apaixonam e se amam e tentam criar uma vida juntos, mas nada é tão fácil como parece e eles começam a ter que resolver problemas, que foram causados pelos antigos donos dos corpos, mas eles também aprendem que o amor pode tudo.


Pontos negativos e positivos:
Vamos começar com os negativos, vamos... o único que consigo achar é “EU QUERO OUTRO LIVRO”...  Não consigo pensar em uma coisa que tenha me desagradado no livro, me prendeu do começo ao fim e eu fiquei encantada com cada pedacinho, cada linha e cada pagina. É um romance com um pouco de mistério, os personagens são muito bem descritos e fora os pais de Jenny eu amei todos eles, e o romance...Ahh o romance é de se deitar na capa e suspirar pensando naquele amor que você sempre sonhou em ter, eu derramei lagrimas e lagrimas no fim do livro e com certeza, eu fiquei com um gostinho de quero mais.
O livro é narrado em primeira pessoa pela personagem Helen, é muito bem descrito, os ambientes e os personagens, a autora não deixa escapar nada, você sente como se estivesse assistindo as cenas, você sorri, tem raiva e chora. Simplesmente um livro recheado de surpresas e personagens apaixonantes. Como eu disse antes, no final você só quer saber o que realmente acontece com Billy e Jenny, então fico na expectativa de outro livro.


Infelizmente, esse livro ainda não lançou no Brasil e não tem uma data prevista ainda, os boatos dizem que será lançado ainda esse ano. Mas como sou amante de livros e não tenho uma grande paciência para esperar chegar aqui, eu tenho e-books de todos esses livros inclusive esse aqui, então quem quiser pode deixar o E-mail que eu mando pra vocês e se quiser algum outro título e eu tiver, eu também mando. E se você gostar mesmo do livro, não esqueça de comprar, porque se não vender as editoras param de publicar e seria horrível não sentir aquele peso maravilhoso nas mãos.



Em quanto não vem um segundo livro...


Enquanto eu estava navegando na net procurando saber se tem uma continuação desse livro eu me deparei com uma noticia mais que incrível. A summit comprou os direitos do livro e vão lançar com o nome “in the flesh”, quem adaptou o roteiro foi Kristin Hahn, que produzirá o longa ao lado de Marty Bowen e Wyck Godfrey (ambos de “A Saga Crepúsculo”).E dizem alguns por ai, que a predileta para fazer o papel de Jenny é nada mais que a nossa amada Ashley Greene, a Alice Cullen de Crepúsculo, eu estou torcendo para que esteja certa esta pequena especulação, ela ficaria linda como a doce Jenny. Ainda não tem uma data de lançamento, mas está confirmado pela Summit a filmagem do filme. E assim que tiver mais noticias eu informo, se for tão apaixonante como Crepúsculo, tenho certeza que vamos suspirar e pedir que tenha mais!

Beijos!

7 comentários:

  1. Nossa...Esse livro deve ser ótimo...Me deu até vontade de ler....E o filme?? Meu Deus, minha adorável Asheley Greene?? Ah, ja estou louca pra assistir Gabi....

    Beijao...Adorei o post! **

    ResponderExcluir
  2. Adorei a resenha, adorei saber sobre a possibilidade de um filme e mais ainda de saber que quem pode fazer o papel é alice cullen, ela é linda!!!

    beijoss
    http://dailyofbooks.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Nussa amei a reseha, a Angel escreve muito bem.... amei tudo, vc é muito boa nisso Angel, A PARTIR DE AGORA IREI ALCOMPANHAR SEMPRE Q PUDER SUAS RESENHAS!!

    ResponderExcluir
  4. ADoreiii a resenha! A capa do livro é apaixonando e a resenha ficou suculenta! kk Adorei mesmo!
    Beijos!
    http://palomaviricio.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. parece bom esse livro hem *-* goste da resenha

    http://himi-tsu.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. O livro parece ser bem interessante mesmo. Espero que seja lançado no Brasil. *-*

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  7. Muito obrigada pelos comentários! Mil Beijos!(♥)

    ResponderExcluir

Página Anterior Próxima Página Home
Layout criado por