05 julho 2012

Resenha do Livro: A Esperança

Meus amores, é com imensa alegria, que eu trago pra vocês, a resenha do terceiro e último  livro da trilogia Jogos Vorazes: A Esperança. Espero que vocês gostem!

Para ler a resenha de Jogos Vorazes é só clicar neste link:  Resenha

Para ler a resenha de Em Chamas é só clicar neste link:  Resenha 


A Esperança - Jogos Vorazes - Livro 3 - Suzanne Collins
Sinopse: Depois de sobreviver duas vezes à crueldade de uma arena projetada para destruí-la, Katniss acreditava que não precisaria mais de lutar. Mas as regras do jogo mudaram: com a chegada dos rebeldes do lendário Distrito 13, enfim é possível organizar uma resistência. Começou a revolução. 
A coragem de Katniss nos jogos fez nascer a esperança em um país disposto a fazer de tudo para se livrar da opressão. E agora, contra a própria vontade, ela precisa assumir seu lugar como símbolo da causa rebelde. Ela precisa virar o Tordo. 
O sucesso da revolução dependerá de Katniss aceitar ou não essa responsabilidade. Será que vale a pena colocar sua família em risco novamente? Será que as vidas de Peeta e Gale serão os tributos exigidos nessa nova guerra? 
Acompanhe Katniss até o fim do thriller, numa jornada ao lado mais obscuro da alma humana, em uma luta contra a opressão e a favor da esperança.

Expectativas

Quando eu terminei de ler Em Chamas, eu estava morrendo de medo, do que aconteceria a seguir. Levando em consideração, que eu não gostei de muitas coisas que aconteceram no segundo livro da série. Meu maior medo, era que o final da trilogia me decepcionasse. Então, comecei a leitura de "A Esperança", já me preparando para o pior.

O Livro
Peeta and Katniss - peeta-mellark-and-katniss-everdeen Photo
" A Esperança - O melhor dos três livros, um romance primorosamente orquestrado e inteligente,  recomendado para todos os públicos" Publishers Weekly
Eu acredito, que essa é frase mais apropriada, para descrever o que senti, lendo esse livro. A esperança, é surpreendente e emocionante. E contrariando todas as minhas expectativas, se tornou o meu livro favorito da série. A Esperança é um livro cheio de conflitos, os personagens estão mais maduros, o livro está repleto de acontecimentos importantes e além disso, o romance é muito bem abordado no decorrer da história. 

Odeio a Guerra
Odeio toda essa crueldade, essa violência, esse sofrimento, as armas, a revolução, os planos, as batalhas odeio a Presidente Coin, o Distrito 13 e odeio o fato da autora, continuar matando os meus personagens favoritos, de uma maneira tão cruel e fria. Tudo isso para quê? Todos sabem, que em uma guerra, por mais, que os objetivos sejam "nobres e justos" , nunca há um vencedor, todos se tornam vítimas desse  massacre. Essa é a mensagem principal, que o livro quer passar: se nós continuarmos agindo com crueldade, violência e descaso dentro da sociedade, enquanto, o poder for mais importante que a vida humana, o nosso futuro poderá ser muito parecido com a vida dos cidadãos de Panem e o nosso fim pode ser tão trágico quanto o deles.

Coitada da Katniss
Katniss não é só a protagonista mais incrível, que eu já conheci, ela também é a protagonista, que mais sofreu na vida. Eu nunca vi uma protagonista sofrer tanto como ela, eu me emocionei com ela em diversas partes do livro. E isso só fez a minha admiração por ela aumentar ainda mais. Katniss é uma vitoriosa e disso não restam dúvidas, mas eu não falo isso, porque ela venceu os Jogos Vorazes, eu falo isso, porque ela sobreviveu á um jogo muito pior: o jogo da vida. Ela teve que suportar a dor de perder as pessoas que ela mais amava, foi obrigada a amadurecer muito rápido, tendo que suportar traumas físicos e psicológicos e mesmo assim, ela sempre soube fazer a escolha certa, a escolha mais justa, ela sempre pensou no bem estar das pessoas, que estavam ao seu redor. Por isso, eu volto a afirmar, que a Katniss é a minha personagem favorita e que isso nunca vai mudar. Mesmo quando ela faz algo, que eu não concordo. Pois, depois de ter lido toda a série eu entendi, que é muito fácil julgar Katniss Everdeen, o difícil, é estar no lugar dela.

Prim
É impossível ler A Esperança e não se encantar com essa personagem. Prim amadureceu muito durante a saga, mas sem perder o seu jeito meigo, doce e sem deixar de lado, a sua vocação, que é salvar vidas. Ela está sempre disposta a ajudar as pessoas. Prim é um anjo e  nesse livro, ela foi a personagem que mais se destacou.

O Triângulo Amoroso
Para os leitores, que assim como eu, sentiram falta de romance no livro anterior, eu trago uma boa notícia. A Esperança está repleto de cenas bem românticas. Mas não é aquele romance água com açúcar, que vemos nas comédias românticas. Nesse livro, o romance é mais maduro e muito mais complicado, é um romance perigoso e triste, tão envolvente como o amor entre Romeu e Julieta. 
No começo do livro, Gale aparece bastante e a autora nos mostra, como a vida de Katniss seria mais fácil se ela o escolhesse. Eu confesso, que a sintonia entre os dois é realmente incrível e que eles ficam lindos juntos. Mas eu senti muita falta do Peeta, durante essa primeira parte do livro. E eu não fui a única, que senti falta dele, Katniss também sentiu. E quando eles finalmente se reencontram, você percebe, que a ligação, que existe entre os dois,  é  muito intensa, mas que infelizmente, o amor deles, é impossível. 
Durante todo o livro, Katniss fica completamente dividida entre os dois. Então, o leitor não sabe, o que esperar do final, pois ela pode escolher qualquer um, ou até mesmo, decidir ficar sozinha. O que eu posso adiantar, é que esse mistério só será desvendado nas últimas páginas do livro e que Katniss escolhe, aquele com quem ela não conseguiria viver sem. 

O Final
Querida Suzanne Collins, somente nas últimas páginas desse livro, eu consegui te perdoar, por todos os personagens, que você matou sem dó nem piedade. Você me deu um final  surpreendente, foi muito mais do que eu esperava. E por causa disso, você entrou para a lista dos meus autores favoritos. Eu achei o final desse livro incrível e muito emocionante. Quando eu terminei de ler, eu não sabia ao certo, o que dizer, pois eu estava alegre e triste ao mesmo tempo. Essa série chegou ao fim, preservando os elementos característicos dessa trilogia: drama, ação, romance e o principal: esperança. Eu acredito, que a autora fez um ótimo trabalho e que se o livro  tivesse terminado de outra forma, ele não teria o mesmo impacto, que ele teve. A ideia desse livro, é justamente essa, fazer as pessoas se emocionarem com a história, questionar tudo que está acontecendo com esses personagens e acima de tudo, não perder a esperança de que um dia, as coisas podem melhorar. É claro, que ela não precisava matar tantos personagens para nos mostrar isso. Mas ela só agiu dessa forma, porque geralmente, é sofrendo que as pessoas aprendem. Então, por mais que seja difícil eu falar: as mortes nesse livro foram necessárias, para transmitir esse alerta para a nossa sociedade. Nós estamos acostumados a assistir pessoas morrendo todos os dias, nos noticiários. Mas quando isso acontece, com os nossos personagens favoritos, isso nos machuca muito mais. Essa era a intenção da autora, nos fazer refletir sobre o mundo em que vivemos. Acredito, que ela conseguiu atingir esse objetivo.
A única coisa, que eu não gostei desse final, é que muitas perguntas ficaram sem respostas. Eu gostaria, que a autora tivesse  falado um pouco mais, sobre o destino dos outros personagens. Mesmo assim, esse livro é fantástico e eu recomendo, pois vale muito a pena!


Então meus amores, o que vocês acharam do final dessa trilogia?

Mil Beijos!

9 comentários:

  1. Ah, Gabi, adoreei a sua resenha! Você já começou o livro esperando pelo pior, rs' Mas que bom que não se decepcionou, esse certamente é o melhor livro da série, Suzanne terminou com chave de ouro é um livro muito bem escrito.

    Amei as fotos que tu colocastes, principalmente essa última das pulseiras, que coisa mais linda *--*

    Beijo;*
    Naty.

    ResponderExcluir
  2. Tive que pular sua resenha porque estou lendo JV! Estou adorando! :D

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  3. Também pulei porque estou lendo e amando!haha!
    Beijos.

    http://blogdavicm.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Curto sempre suas resenhas! Faz um tempinho que não venho aqui...:( Eu quero muito ler essa série.
    Beijocas!
    http://palomaviricio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi *-*
    Adoreei a resenha da trilogia, você escreve de uma forma perfeita. Eu já estava contando as horas para ter a minha trilogia nas mãos e depois de ler o teu ponto de vista eu simplesmente vou adiantar a compra *-*
    Tenho certeza que a história vai me surpreender e me fazer apaixonar =)
    Obrigada pela visita ao blog *-*

    Beijos =*
    www.tyciahadi.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Eu amei a trilogia!! Depois de assistir o primeiro filme corri pra alugar os livros.
    Concordo com a sua resenha (que inclusive está maravilhosa) e também terminei de ler querendo saber mais. Triste e feliz (como vc disse).
    Agora é esperar o próximo filme pra ver como vai ficar!

    Beijussss;
    http://hipercriativa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Gabriela,tudo bem?
    Na minha opinião esse é o melhor livro da série.
    Adorei o final.
    Espero que saia logo o prequel da série.
    Volta lá? tem novos posts.

    Mariana - World of Tori Vega.
    @mariworldoft_

    ResponderExcluir
  8. Muito obrigada pelos comentários meus amores! Mil Beijos! (♥)

    ResponderExcluir
  9. Mesmo pelo nome do blog, eu ver que é para o público feminino eu adorei suas resenhas, tenho que admitir que não estava empolgado nos primeiros capítulos de A Esperança mais minha prima falou que é o melhor e isso me despertou! Ela me disse que a Prim morre e o Finnick também! Muito triste mais muito bonito, beijos :*

    ResponderExcluir

Página Anterior Próxima Página Home
Layout criado por