06 janeiro 2014

Sam Alves

Meus amores, quem acompanha o blog sabe, que toda vez que eu encontro um artista talentoso na mídia, eu venho imediatamente, compartilhar o trabalho dele aqui no blog. Mas hoje, eu vou fazer muito mais do que traçar o perfil de um artista. Eu vou dar a minha opinião, sobre todas as notícias envolvendo o nome dele e de certa forma, tentar rebater todas as críticas infundadas, que ele vem recebendo. Eu tenho lido cada coisa absurda nas redes sociais, que eu senti, que eu precisava desabafar aqui no blog.

Biografia
Quando tinha apenas dois dias de vida, Sam foi abandonado em uma caixa de sapatos na porta de uma casa, em Fortaleza, Ceará. Com ele, um bilhete escrito com dificuldade dizia que ele havia nascido no dia 3 de junho de 1989 e tomado mingau às 13h daquele dia 5, quando Luis e Raquel Alves o encontraram. O menino havia acabado de completar quatro anos quando sua família decidiu tentar a vida nos Estados Unidos. O jovem cresceu e foi educado em Massachusetts. O pai havia virado pastor e a mãe fazia limpeza.
Em abril de 2013 Sam participou das audições às cegas da quarta temporada do The Voice USA. Ele cantou "Feeling Good", clássico na voz de Nina Simone. Os quatro técnicos, Adam Levine, Blake Shelton, Usher e Shakira, demonstram estar gostando, mas nenhum deles aperta o botão. Shakira, visivelmente arrependida, pediu licença aos colegas para falar em português: “Eu adorei você. Acho que você é um cantor realmente bom.”
Ainda em 2013, no mês de outubro, Alves participou das audições às cegas da versão brasileira do talent show cantando "When I Was Your Man" de Bruno Mars e fez com que todos os quatro técnicos virassem a cadeira. Lulu Santos elogiou a performance: “Para mim, foi muito interessante ver a sua entrega a sua arte. Você não estava fazendo para a plateia nem para a câmera, estava fazendo para você.” Sam escolheu Cláudia Leitte como sua mentora: “Quero cantar com ela” A música de sua audição foi disponibilizada para download digital na iTunes Store e ficou em primeiro lugar, à frente até da versão original de Bruno Mars.Na segunda fase do programa, Sam batalhou contra Marcela Bueno cantando a música "A Thousand Years" e venceu. A performance dos dois foi elogiada pela interprete original da música, Christina Perri, “Isso é tão bonito!” — disse ela. Na fase do tira-teima Sam resolveu cantar em português. Ele interpretou a canção "Pais e Filhos" da banda Legião Urbana. Foi salvo pelo público junto com Júlia Tazzi e logo em seguida salvo pela técnica, Cláudia. Na fase seguinte cantou "Mirrors" de Justin Timberlake e foi salvo pelo público. Na semifinal, Sam cantou "Você existe em mim", canção de sua mentora Cláudia Leitte. Alves recebeu 20 pontos de sua técnica e mais 84% dos votos do público e se classificou para a final do programa. Na final do programa Sam foi anunciado o vencedor da temporada com 43% dos votos populares dentre os mais de 29 milhões de votos.

Vídeos



Opinião da Blogueira
Depois de conhecer a trajetória do Sam e depois de assistir as suas apresentações, é impossível, que vocês não concordem comigo, quando eu digo, que ele mereceu ganhar o The Voice Brasil e que merece fazer muito sucesso. Porque o talento do Sam é indiscutível! Ele tem uma voz extraordinária, canta muito bem, é lindo, tem personalidade e muito carisma. Não há dúvidas, de que o Brasil não tem nenhum artista como ele e que ele estava fazendo, muita falta na música brasileira. Mas infelizmente, ao invés de ficarmos agradecidos, por termos um artista com o nível do Sam, representando o nosso país, não demorou muito, para que as pessoas arrumassem motivos para criticá-lo e questionassem a sua vitória no programa. 
A principal crítica, se refere ao fato, do Sam cantar músicas em inglês e que por causa disso, ele não representaria o Brasil. Em primeiro lugar, quem assistiu todas as apresentações do Sam durante o programa viu que ele cantou várias músicas em português. Em segundo lugar, como um país tão americanizado como o Brasil, pode se dar ao luxo, de criticar alguém por cantar em inglês. Aqui no Brasil, nós comemoramos o Halloween e outros datas comemorativas dos Estados Unidos, assistimos filmes americanos, esgotamos em questão de horas, os ingressos de shows internacionais, escutamos músicas em inglês, compramos livros de escritores americanos, comemos no McDonald's, compramos Cds internacionais, assistimos séries e programas americanos, copiamos programas, que foram criados lá fora, como é o caso do próprio The Voice Brasil, sonhamos em morar em Londres, Paris e Nova York, isso tudo, sem mencionar o fato, de que hoje em dia, saber falar inglês é praticamente obrigatório, se você quiser arrumar um bom emprego. Além disso, o Brasil é o país de todas as etnias, sotaques e línguas, não é o idioma de uma música que vai representar o nosso país e sim a emoção que essa música passa. Se o Brasil pode ser representado por funk, rap, sertanejo e rock, que são ritmos que eu não me identifico, ele também pode ser representado pela música Pop. Além do mais, vamos confessar, a maioria das pessoas, só sentem orgulho de ser brasileiro na época da Copa do mundo. Então, antes de criticarem alguém por cantar em inglês, vocês deveriam rever os seus conceitos.
Outra coisa que me incomoda muito, é essa mania que as pessoas criaram, de dizer que agora todo mundo é gay e lésbica. Quer dizer que se um homem não tiver uma voz grave, for pegador e machista, então ele é gay?! Me desculpem, mas do que adianta as mulheres reclamarem, que não existem homens sensíveis e românticos, se quando eles aparecem, rapidamente são rotulados como gays. Quer dizer então, que agora existe um padrão, pra provar se um homem é gay ou não e quem não se encaixar nesse padrão, vai ser rotulado como gay para o resto da vida? Não que eu tenha algum tipo de preconceito, penso que cada um deve ser feliz da maneira que bem entender, só não acho justo, alguém ser rotulado por algo que não é. Espero que um dia, eu possa viver em um mundo, onde a sexualidade de alguém, a sua origem e o seu idioma, não se tornem mais importantes que o talento e o caráter que ele possui.
Por fim, só o que me resta dizer, é que eu tenho muito orgulho de ser brasileira, quando eu vejo pessoas como o Sam Alves, que não desistem nunca e representam o Brasil de uma maneira linda e emocionante. Parabéns por ser quem você é Sam, eu tenho muito orgulho de ter votado para você ganhar o programa. Você merece todo sucesso do mundo meu anjo! ♥

Então meus amores, o que vocês pensam sobre o Sam Alves?

Mil Beijos!

7 comentários:

  1. Oi Gabi,

    Achei super merecido ele ter ganhado o The Voice. Pelas poucas apresentações que vi dele no programa (já que não assistia todas as vezes), fiquei totalmente encantada com sua voz. Adorei o post!

    Beijos,
    http://comoum-sonho.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. não assisti o programa por causa do meu trabalho, mas sei que o Sam mereceu ganhar, é nitido o talento dele, não vou mentir, me incomoda e muito quando vejo um cantor cantando internacional, MAS é a globalização, ele não será o primeiro nem o último, e quanto á sexualidade, o corpo é dele, ninguem deve dar palpite e se meter eu hein

    adorei teu post :D

    http://pequenamiia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. SAAAAAAAAAAAAAAAAM *-*
    O Sam realmente mereceu ganhar, ele é simpático e lindo? é claro, mas o que realmente o torna um ídolo é que ele sabe cantar, não é um rostinho bonito qualquer, o garoto tem talento, tem VOZ! E isso é o que mais importa!
    Estava torcendo muito para ele, votei nele inúmeras vezes pelo site, e ele ganhou. Ele mereceu!

    Adorei seu post, e concordo plenamente *-*
    beijos,

    www.reme-junto.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi amiga, eu não assisto esse programa, na verdade não gosto muito de programas musicais..
    gostei da história de Sam..

    beijos Mila
    http://www.dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Que post lindo! Adorei saber um pouco mais sobre ele. Confesso que só o conhecia de nome! As pessoas hoje são tão estereotipadas né? Povo adorar dar nome aos bois em vez de só ver as coisas. Tem q comentar tudo! Eu não consigo assistir os vídeos pq o youtube tá bloqueado aqui no trabalho, mas vou assistir mais tarde, pra conhecer sua voz ♥
    post demais!
    Bjus bjus!
    Pan
    Pan's Mind - Resenha Dupla - Carrie - Livro x Filme!

    ResponderExcluir
  6. Muito obrigada pelos comentários meus amores!
    Mil Beijos!

    ResponderExcluir
  7. concordo com cada palavra

    letracomasa.blogspot.com

    ResponderExcluir

Página Anterior Próxima Página Home
Layout criado por